Tesouro Direto

Tesouro Direto são títulos emitidos pelo governo, por meio do Tesouro Nacional, com a finalidade de captar recursos para financiamento da dívida pública e para projetos na área federal como educação, saúde, tecnologia, infraestrutura, etc.

São títulos considerados de risco zero pelo mercado, independente do valor, pois você empresta dinheiro ao governo federal e recebe o pagamento de juros.

Preço dos títulos públicos

O preço unitário, valor pelo qual são negociados, é a soma de todos os pagamentos futuros trazidos a valor presente pela taxa de desconto. Ou seja, taxa e preço são inversamente proporcionais: se um sobe, o outro desce. A única exceção é a LFT, que dia a dia é corrigida pela taxa Selic.

TÍTULOS RENTABILIDADE CARACTERÍSTICAS
NTN-B IPCA + juros Juros semestrais e o principal no vencimento
NTN-B Principal IPCA + juros Juros + principal no vencimento
NTN-C IGP-M + juros Juros semestrais e o principal no vencimento
LTF Selic Juros + principal no vencimento
NTN-F Juros pré-definidos Juros semestrais e o principal no vencimento
LTN Juros pré-definidos Juros + principal no vencimento

Vantagens do Tesouro Direto

vantagem

  • Boa rentabilidade;
  • As taxas de administração são muito baixas;
  • 100% seguro independente do valor;
  • Você pode diversificar seus investimentos em títulos, obtendo variadas rentabilidades, como pós-fixadas, pré-fixadas e indexadas a índices de preços;
  • Você tem total poder de tomada de decisão e controle do seu patrimônio;
  • Você já investe com seus objetivos previamente definidos, levando em conta fatores como: taxa de juros, prazo, valor a investir e riscos;
  • Você tem total comodidade, segurança e tranquilidade para gerenciar seus investimentos;
  • A liquidez é garantida pelo Tesouro Nacional.

LFT: São títulos pós-fixados vinculados à taxa Selic. Indicados em momentos de alta das taxas de juros, momento contracionista da economia, geralmente após um longo período de alta dos índices de inflação.

LTN e NTNF: São títulos pré-fixados, ou seja, na data de aplicação é conhecida a rentabilidade da operação, caso os ativos sejam levados até o resgate. São indicados no fim do ciclo de alta, manutenção ou início de ciclo de baixa da taxa de juros.

NTNB: São títulos indexados à inflação. Rendem juros mais a inflação medida pelo IPCA, indicador oficial do governo federal para medição da inflação. Os ganhos do investidor corresponderão aos juros que superarem o índice de inflação. Indicados nos momentos de ciclo de medidas expansionistas que irão aumentar o consumo e consequentemente puxar os preços da economia como um todo. Também são indicados para períodos longos, para garantir ganho real da aplicação.

Sugiro a leitura do artigo “Como Investir no Tesouro Direto” e o curso do Rafael Seabra “Tesouro Direto Descomplicado“, é sério, o curso é fantástico, recomendo fortemente que você conheça.