Liquidez – Entenda de Vez o Que é

Liquidez é a facilidade que um ativo possui de ser convertido em dinheiro. É simplesmente a capacidade para transformar um bem ou um investimento no mesmo. Quanto mais rápida for essa conversão, mais líquido esse ativo será.

Pode parecer simples, mas é um conceito que gera muitas dúvidas a quem está começando a investir. O que quer dizer que um investimento tem alta liquidez? Qual a vantagem disso? Não confunda liquidez com rentabilidade !

Resolvi escrever este artigo, focando não apenas em definir o termo “liquidez“, mas também para mostrar a grande importância desse assunto e mostrar alguns exemplos. Citarei cada tipo de investimento, informando sua liquidez e explicando o motivo dele ser muito ou pouco líquido.

Diferença entre liquidez e rentabilidade

A liquidez e a rentabilidade são fatores que devem ser levados em consideração no momento de escolher um investimento. De nada adianta um produto lhe render muito dinheiro, se, no momento que você precisar de todo seu capital, não for possível convertê-lo ou só conseguirá se reduzir o valor do ativo.

Vale lembrar que muitas vezes você pode investir já sabendo que não precisará daquele dinheiro por um determinado período de tempo,o que pode lhe gerar uma maior rentabilidade. Dessa forma, a liquidez do investimento fica em segundo plano, e você deve considerar a rentabilidade que esse investimento pode trazer.

Liquidez dos investimentos

liquidez

Alguns investimentos com sua liquidez e justificativa:

Poupança: alta liquidez, pois você pode resgatar o dinheiro instantaneamente. Basta solicitar o resgate ao banco e o dinheiro já estará na sua conta corrente.

Títulos públicos: liquidez considerada média, pois as vendas só ocorrem uma vez por semana e, mesmo assim, não é garantido que você conseguirá vender. Existe uma data final para o resgate.

Fundos de investimentos: liquidez considerada de alta para média, pois, varia para cada Fundo de Investimento, dependendo do fundo.É necessário entre um a quatro dias úteis para o dinheiro estar disponível em sua conta.

Imóveis: baixa liquidez, pois muitas vezes demora dias ou meses para vender um imóvel pelo preço que ele realmente vale. O ponto negativo é caso você precise de apenas um pouco do capital, visto que não é possível a venda da metade do imóvel.

Ações: a liquidez geralmente é alta, dependendo muito do ativo que varia de um para outro. Quando o papel é muito negociado (ex: Petrobras, Vale…), a venda é praticamente instantânea e, na maioria das vezes, pelo preço que você sugere. Já em papéis pouco negociados, é difícil vender pelo preço sugerido com facilidade. Muitas vezes, faz-se necessário baixar a ordem de venda para conseguir vender.

Ficou com alguma dúvida? Não deixe de compartilhar conosco!

previdência privadaA base para a construção desse artigo foi o E-book “Como Investir Dinheiro” do Rafael Seabra. Sem dúvidas, o melhor E-book do mercado sobre Investimentos. CLIQUE AQUI PARA CONHECER !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *