Liberdade x Segurança

A maioria das pessoas acreditam que ter um salário, carteira assinada, décimo terceiro no final do ano e demais benefícios que uma empresa pode fornecer, seja sinônimo de estabilidade. Mas isso não é uma regra!

Não existe certo ou errado quando se trata de escolher entre a liberdade de ser seu próprio patrão, investir e viver de renda ou mesmo trabalhar para alguém, cumprindo horários e lidando com os entraves diários de uma função que lhe trará, ao final do mês, um salário fixo.

Tudo depende do perfil de cada pessoa. Em muitos casos, se não em todos, é necessário ter bom senso. Se para você, ter um patrão, horário para cumprir e ganhar exatamente a mesma quantia todo o mês pareça algo inadmissível, para outra pessoa, entretanto, talvez possa não parecer. Busque sempre entender cada lado da moeda e principalmente, busque se conhecer.

O Autoconhecimento

“Conhece-te a ti mesmo e conhecerás o universo e os deuses”– Sócrates, filósofo grego.

O autoconhecimento será um fator chave na escolha entre a liberdade e a segurança. Uma vez conhecendo seu perfil, determinar se você está apto a ser “dono do próprio nariz”, ficará cada vez menos complicado.

Trata-se de uma questão de querer e poder! Você pode muito bem sonhar com a independência que a liberdade lhe traria, porém, talvez você não tenha maturidade para arcar com todas as responsabilidades que a autonomia financeira exigiria. Pode ser que ainda não seja a hora e você necessite de mais vivência e conhecimento.

Este é um momento de reflexão em que ser humilde consigo mesmo poderá evitar grandes frustrações. Portanto, reflita!

 Talvez você não precise escolher…

classificação

Assim como para muitas pessoas exista uma linha tênue entre liberdade e segurança quando se trata da questão financeira, para outras isso é coisa de gente pessimista e insegura que não consegue pensar fora da caixa.

É sempre muito difícil exemplificar prós e contras quando o assunto é estabilidade monetária e incertezas econômicas. Entretanto, o que muita gente não leva em conta é a possibilidade de se ter ao mesmo tempo estabilidade econômica de um lado e a vantagem da remuneração extra de outro.

O importante é ter consciência que para ter uma coisa, você não precisa abrir mão de outra, mas sim trabalhar para a obtenção de sucesso em ambos os lados, visto que ser “dono do próprio nariz” é tão ou mais complicado do que ser empregado. Pense nisto!

Quem não arrisca não petisca!

arriscar

“O medo de perder fará com que você perca ainda mais”.

Ainda que seja algo inadmissível abrir mão de seu emprego e sua estabilidade no momento ou até mesmo em alguma etapa da sua vida, possuir uma parte do seu dinheiro investido, mesmo que mínimo, é algo que você deve levar em consideração.

Se pararmos para refletir: viver é um risco. Logo, assumir riscos é natural do ser humano. E quando se trata de dinheiro, a regra continua a mesma. A velha máxima de que os investimentos mais rentáveis são aqueles com mais riscos é real. Mas você não é obrigado a assumir riscos que não estejam de acordo com o seu perfil. Existe uma gama enorme de investimentos que com certeza se encaixariam nos seus objetivos e lhe trariam bons resultados.

Concluindo…

conclusão

Cada um tem suas razões para assumir riscos. Você tem a opção de viver arriscando o mínimo, continuando com seu cargo e remuneração fixa para o resto da sua vida. Em contrapartida, você optando por fazer seu dinheiro trabalhar por você, de maneira consciente e gradual, sem meter os pés pelas mãos, conseguirá em um determinado período, resultados impressionantes. E quem sabe a possibilidade de uma aposentadoria prematura, não é mesmo?!

Tudo é uma questão de auto-reflexão, calma e conhecimento. A mudança não ocorre de uma hora para outra e o crescimento deve ser constante. Então, seja humilde consigo mesmo na hora da escolha para que não acabe se frustrando na hora de equilibrar liberdade e segurança.

Meu conselho final: INVISTA SEU DINHEIRO!!!

Mesmo que comece com pouco, mas faça!

não existe dinheiro fácilAproveitando… já conhece o E-book “Como Investir Dinheiro” do Rafael Seabra? O E-book é excelente, extremamente didático e totalmente acessível. Creio que será sua grande base nessa corrida pela independência financeira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *