LCI

Letra de Crédito Imobiliário (LCI) é o instrumento de captação dos bancos, com objetivo de financiar o setor imobiliário. São títulos de risco baixo para o investidor por equiparar à garantia que a Caderneta de Poupança conta do FGC (Fundo Garantidor de Crédito) e ainda alienação fiduciária do imóvel.

Principais características LCI:

  • Liquidez na data do vencimento, que pode variar de 3 meses a 2 anos;
  • Risco baixo para aplicações de até R$ 250 mil por CPF, por serem garantidas pelo FGC;
  • Alienação fiduciária do imóvel como garantia da operação;
  • Títulos isentos de Imposto de Renda para pessoa física;
  • Retorno esperado: percentual do CDI pré-estabelecido no ato de compra do título;
  • Título de Renda Fixa de baixo risco;
  • Emissão exclusiva por instituições financeiras autorizadas pelo banco central, com carteira de crédito imobiliário;
  • Rentabilidade atrativa;
  • Título destinado a investidores qualificados.

Exemplo: As pessoas ou as empresas proprietárias do imóvel procuram uma instituição financeira a fim de adquirir crédito colocando seu imóvel como garantia para quitar o empréstimo.

A instiuição financeira avalia o imóvel e resolve conceder o crédito. Para isso ela capta o dinheiro no mercado financeiro em troca de LCI e repassa ao tomador de crédito. O proprietário da LCI recebe juros em troca do dinheiro aplicado.

A grande desvantagem da LCI é o seu valor mínimo de investimento, gerando em torno de R$ 30 mil, ou seja, mesmo sendo um investimento de baixo risco ela é indicada para investidores qualificados com grandes montantes para aplicar.

LCI’s são excelentes alternativas para variar sua carteira de investimentos. Qualquer dúvida ou comentário, entre em contato comigo.

Sugiro assistir uma aula completa e totalmente GRÁTIS com o especialista e grande parceiro da Academia: André Bona. CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR !!!

A base para a construção desse artigo foi o incrível E-book “Como Investir Dinheiro”, do Rafael Seabra. CONHEÇA AGORA !!!