Como Investir em Ouro

Como investir em ouro ? …Em tempos de crise, o ouro é uma das alternativas de investimento mais tradicionais, destacando-se por sua segurança e liquidez (duas qualidades que todo investidor busca ao aplicar seu dinheiro).

Do ponto de vista analítico, o ouro é um dos investimentos mais rentáveis deste século e a tendência é que sua rentabilidade continue a aumentar.

Este metal, em função de sua seguridade e seu importante papel econômico ao redor do mundo, é considerado como um porto seguro em tempos de crise ou como muitos investidores gostam de chamá-lo: reserva de valor.

Mas não se iluda! Quando se trata de investir, não apenas em ouro como em qualquer outro ativo, é necessária cautela. Pode ser que este tipo de investimento não seja o ideal para você, por isso é necessário entender muito bem como funciona um investimento antes de decidir fazer uma aplicação como esta.

Qual o risco de se investir em ouro?

o que e

O principal risco desse investimento é a maneira com que se inicia, de forma especulativa.Isto acontece, pois, apesar da crescente valorização deste metal, devido a sua alta volatilidade e liquidez, seu valor está em constante mudança. Fatores como fluxos de importação e exportação entre países, adventos naturais que afetam sua extração, política monetária dos países e oferta e demanda por parte dos investidores individuais nas bolsas de valores ao redor do globo, também influenciam na cotação do ativo. Por isso a sua necessidade de conhecimento.

Como investir em ouro?

ouro 2

Agora que você já sabe um pouco mais sobre os riscos e possibilidades que investir em ouro proporciona, é hora de conhecer quais as formas mais comuns e até mesmo possíveis para realizar este tipo de investimento.

  • Negociação por contratos futuros na BM&F Bovespa: 

contrato

Esta modalidade se destina a investidores que buscam aplicações de curto e médio prazo. Aqui as possibilidades de comercialização são duas: contratos fracionados (0,225g até 10g) e contratos cheios (250g). Este método de negociação é isento de imposto de renda quando o montante em questão for menor que R$20 mil.

Além disso, estes contratos garantem ao investidor uma maior liquidez nas negociações de compra e venda. Importante ressaltar que nesta modalidade de investimento o investidor deixa a custódia do ativo por conta da corretora, ficando responsável apenas em arcar com as despesas da taxa de corretagem da negociação.

  • Compra de barras de ouro: 

como investir em ouroEsta modalidade oferece mais riscos de perda do ativo e por isso é classificada como mais complicada. Dentre as dificuldades para se começar a atuar desta maneira, estão: a busca por uma instituição financeira que trabalhe com ouro em barras para realizar um cadastro, comprovar renda em compras acima de R$10 mil, encontrar um banco que faça a custódia do ouro e ainda não se pode deixar de lado o fato de existir um custo mensal desta custódia sobre o volume financeiro mantido.

É possível ainda negociar o ouro com distribuidoras a fim de manter a custódia em casa. Entretanto, normalmente a taxa sobre o valor negociado se apresenta maior que as de bancos “custodiantes”. Uma das características negativas desta modalidade de investimento é a menor liquidez de venda, pois é considerável a dificuldade de encontrar um comprador disposto a pagar o preço do mercado.

  • Fundos de Investimentos:

fundos de investimentosSe você não pretende se aborrecer com os entraves da negociação de ouro bruto ou até mesmo com contratos futuros, fundos de investimento em ouro são, com certeza, uma ótima solução. Os fundos podem ser: passivos (o ouro comprado sofre as variações no preço) e ativos (as negociações de compra e venda do metal são realizadas visando o lucro com base no momento do mercado).

Ainda existem outras formas menos comuns de como investir em ouro, porém não chegam a ser desconhecidas. Você provavelmente já deve ter ouvido alguma pessoa próxima dizer que penhorou uma joia pela Caixa Econômica Federal ou até mesmo em uma simples caminhada pelo centro de sua cidade, já se deparou com algum folheto ou vendedores ambulantes dizendo que compram ouro.

Pois é, estas também são consideradas formas de investimento que embora tenham custos operacionais e até finais diferentes e, muitas vezes menos atraentes, ainda são procuradas por uma considerável parcela da população.

Eu particularmente considero o investimento em ouro algo extremamente conservador e inteligente.

ouroNão perca a oportunidade de conhecer o curso “Investir em Ouro” do Sucesso Master. É um curso totalmente voltado para o investimento em ouro. Você terá foco total nesse grande investimento do mercado. Recomendo !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *