Como Investir em Dólar

Frequentemente venho recebendo e-mail sobre o assunto: Como Investir em Dólar. Figura cativa do nosso cotidiano, a moeda americana pode ser uma alternativa muito interessante de investimento. Atualmente vem ganhando muito representatividade no atual cenário político do qual vivemos.

O dólar americano é a moeda mais conhecida no mundo, é emitida pelo FED (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos) e sua cotação influencia não apenas nosso dia a dia como também fatores empresarias (principalmente em empresas de exportação e importação). Creditamos a ele, por exemplo, a decisão de fazer ou não alguma viagem internacional e até mesmo o aumento do preço de algum produto nacional que leve em sua composição alguma matéria prima importada.

No Brasil, apesar de não existir um limite para a compra desta moeda, não é permitida a abertura de conta corrente em dólar numa instituição financeira operante no país e, ainda, seu uso em pagamentos de bens ou produtos não é permitido (sempre que necessitar trocar a moeda, é necessário utilizar o mercado de câmbio).

Historicamente, a alta do dólar (podemos citar também o euro) deixou de ser novidade para, se não todas, a maioria das pessoas. A caráter de curiosidade, em 2015, a moeda americana foi considerada por muitos o melhor investimento do ano em razão de sua alta que totalizou incríveis 48,49%.

Porém nem tudo são flores quando tratamos de investimento em moedas…

Quais os riscos de se investir em dólar?

quebra

Antes de investir em dólar, é necessário levar em consideração um fator primordial: moedas são investimentos de renda variável. Desta forma, pode-se entender que dentre os riscos estão a sua alta volatilidade e também altas variações de cotação.

Este não é um investimento para qualquer perfil de investidor. A constante mudança do mercado cambial, por exemplo, costuma ser um cenário favorável para especuladores. Mas cuidado! Até mesmo investidores experientes costumam levar prejuízo ao especular com moedas estrangeiras.

Investir em moedas demanda experiência, vivência de mercado e a utilização de uma boa estratégia de análise técnica (e porquê não, também, fundamentalista?). E mesmo assim, isto não é certeza de sucesso. Então, se você tem interesse neste tipo de investimento, o ideal a se fazer é procurar um gestor profissional de confiança e ter em mente que não se deve comprar dólar e guardar em casa.

Como posso investir em dólar?

não existe dinheiro fácil

Quando se pensa em investir em dólar, a primeira coisa que vem à cabeça é: compra de moeda em espécie. Entretanto, existem outras formas consideradas mais seguras, onde as principais são:

  • Moeda (em espécie) – Apesar de ser a primeira coisa que pensamos ao falarmos de investimento em dólar, em se tratando de diversificação de investimentos, esta não é uma boa alternativa. Acontece que dólares em casas de câmbio costumam ter custos de operações bastante altos devido ao pagamento de várias taxas, o que acaba por diminuir a lucratividade do investimento (quando ela existir, claro). Comprar dólares em espécie só é uma boa alternativa para quem tem planos de usufruí-los em benefício próprio, ou seja: viagens, compras, entre outros;
  • Fundos cambiais – Investir em fundos cambiais é simples e ainda favorece a diversificação de sua carteira de investimentos, o que pode significar uma maior segurança em momentos de inquietude do mercado. A gestão de fundos cambiais também é considerada simples, pois segue um índice já determinado, entretanto, esta modalidade de investimento, não está livre das taxas. Se você pretende investir em fundos cambiais, precisa levar em consideração alguns fatores negativos como o fato de não ter um investimento viável para aplicações de curto prazo, as taxas de administração e também algumas tributações (IR e IOF);
  • Ações – Aplicar em ações de empresas exportadoras que sofrem influência da alta volatilidade do dólar, pode ser uma boa alternativa para se obter lucro com a moeda. A ideia é lucrar com a valorização da moeda, entretanto, é necessário ter consciência de que sua desvalorização pode frustrar o investimento. Assim, é indispensável o auxílio de especialistas para garantir um bom desempenho na aplicação.
  • Contratos futuros cambiais – Esta modalidade de investimento é considerada por muitos especialistas umas das mais viáveis e pode ser realizada tanto na forma de minicontratos (mini dólar ou WDO) ou contrato cheio (grande ou DOL). Uma das atratividades dos contratos futuros é o fato do resgate de um investimento poder ser realizado a qualquer momento, possibilitando assim o day trade. Através destes tipos de contratos também é possível utilizar alavancagem nas operações e para garanti-la, podem ser usadas ações em carteira, Títulos do Tesouro e até mesmo o CDB.

Percebeu que investir em dólar é um assunto um pouco mais delicado ? Investir em dólar sem conhecimento e capacitação pode ser um erro grave.

Porém, os investidores capacitados e também os investimentos bem planejados nessa área tendem a ter um excelente resultado.

Aprendi tudo isso no E-Book Como Investir Dinheiro, o material é incrível, tenho certeza que ele irá lhe auxiliar muito no investimento em dólar, assim como me auxiliou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *